segunda-feira, março 18, 2019
Home » Windows » Melhores práticas para compactação NTFS

Melhores práticas para compactação NTFS

Enquanto a compactação do sistema de arquivos NTFS pode economizar espaço em disco, a compactação de dados pode afetar negativamente o desempenho. Neste artigo, veremos as melhores práticas para compactação NTFS, segundo a Microsoft, quanto aos seguintes tópicos:

Largura de Banda

Quando você copia ou move um arquivo NTFS compactado para uma pasta diferente, o NTFS descompacta o arquivo, copia ou move o arquivo para o novo local e, em seguida, recompacta o arquivo. Esse comportamento ocorre mesmo quando o arquivo é copiado ou movido entre pastas no mesmo computador. Os arquivos compactados também são expandidos antes de serem copiados pela rede, portanto, a compactação NTFS não economiza largura de banda da rede.

Uso de CPU

Como a compactação NTFS é intensiva do processador, o custo de desempenho é mais perceptível nos servidores, que são frequentemente vinculados ao processador. Servidores muito carregados com muito tráfego de gravação são candidatos ruins para compactação de dados. No entanto, você pode não experimentar uma degradação significativa no desempenho com servidores somente leitura, leitura maior ou com carga leve.

Gravação de Logs

Se você executar um programa que usa o log de transações e que grava constantemente em um banco de dados ou log, configure o programa para armazenar seus arquivos em um volume que não esteja compactado. Se um programa modifica dados através de seções mapeadas em um arquivo compactado, o programa pode produzir páginas “sujas” mais rápido do que o gravador mapeado pode escrevê-las. Programas como o Microsoft Message Queuing (também conhecido como MSMQ) não funcionam com compactação NTFS devido a esse problema.

Pasta base do perfil do usuário

Como pastas base do usuário e perfis móveis usam muitas operações de leitura e gravação, a Microsoft recomenda que você coloque pastas base do usuário e perfis móveis em um volume que não tenha compactação NTFS na pasta pai ou na raiz do volume. Usuários individuais ainda podem ativar a compactação em suas pastas, mas o número geral de arquivos e pastas compactados é menor. Nos servidores que hospedam volumes compactados, você deve usar um monitoramento de desempenho cuidadoso para determinar se a CPU tem capacidade suficiente para suportar as operações de compactação / descompactação que estão sendo executadas.
Traduzido de: https://support.microsoft.com/pt-br/help/251186/best-practices-for-ntfs-compression-in-windows

Gostou desta dica? comente conosco seu ponto de vista. Acompanhe também nossas outras dicas de Windows e Windows Server. Deixe seu e-mail ao lado para receber as novidades e se você tiver outras dicas, compartilhe conosco mandando seu artigo

Sobre Diego Duarte

Diego Duarte atua como coordenador de suporte, é apaixonado por TI e arranha um violãozinho nos finais de semana

Gostou do conteúdo? Deixe seu comentário