quinta-feira, dezembro 13, 2018
Home » Artigos » Maquinas Virtuais – O que são?

Maquinas Virtuais – O que são?

Quem navega na internet ou já tem certo conhecimento em informática, já deve ter ouvido falar de Maquinas Virtuais, mas o que são? qual a finalidade? Veremos nesse tópico.
 

O Que são?

Em termos gerais, uma máquina virtual é, em Ciência da Computação, software que cria um ambiente entre a plataforma e o utilizador final, onde este pode operar outro software.
Uma máquina virtual (Virtual Machine – VM) pode ser definida como “uma duplicata eficiente e isolada de uma máquina real”. A IBM define uma máquina virtual como uma cópia isolada de um sistema físico, e esta cópia está totalmente protegida. O termo máquina virtual foi descrito na década de 60 utilizando um termo de sistema operacional: uma abstração de software que enxerga um sistema físico (máquina real). Com o passar dos anos, o termo englobou um grande número de abstrações – por exemplo, Java Virtual Machine – JVM que não virtualiza um sistema real.
Ao invés de ser uma máquina real, isto é, um computador real, feito de hardware e executando um sistema operacional específico, uma máquina virtual é um computador fictício criado por um programa de simulação. Sua memória, processador e outros recursos são virtualizados. A virtualização é a interposição do software (máquina virtual) em várias camadas do sistema. É uma forma de dividir os recursos de um computador em múltiplos ambientes de execução.
Os emuladores são máquinas virtuais que simulam computadores reais. São bastante conhecidos os emuladores vídeogames antigos e os emuladores de microcomputadores, como o VMware e o Bochs.

Para que servem?

Há Diversas Vantagens e algumas desvantagens em relação a VM (virtual Machine) e a PM (phisical Machine). Vamos à algumas delas:
Acadêmico: Você gostaria de Na sua Maquina o Windows 98, XP, Vista e os Linux Ubuntu, Kurumin, Connectiva e Mandrake por exemplo, já pensou em quantas partições teria que fazer? Quantos Gigas pra cada sistema você vai deixar? qual gerenciador de boot você irá usar: LILO, GRUB, o gerenciador do XP, do Vista? Entendeu onde quero chegar?
Com maquinas virtuais, esse problema não existe, pois você cria um HD Virtual, e deixa o tamanho flexível, por exemplo: Se você utiliza apenas 1GB no Ubuntu, não precisa particionar em 10, basta você criar um HD Virtual de 10GB e deixa-lo dinâmico, ou seja, o arquivo (hdv) aumenta conforme a necessidade do SO.
Esse sistema é válido também se você deseja estudar sobre políticas de grupo, gerenciamento de Rede e Outros, pois você cria uma ou mais maquinas clientes e utiliza a sua como Servidor.
Onde eu consigo um software para maquinas Virtuais?
Existem vários programas que fazer esse serviço, deixarei o link de dois:
Virtual BOX, da Oracle
http://www.virtualbox.org/wiki/Downloads
Virtual PC, da Microsoft
http://www.microsoft.com/windows/virtual-pc/default.aspx
ScreenShots
 
vbox_under_vista_in_vbox_under_xp.png
3-setup-starting.png
Retirado de Wikipédia e Alterado por Diego Duarte

Sobre Diego Duarte

Diego Duarte atua como coordenador de suporte, é apaixonado por TI e arranha um violãozinho nos finais de semana

3 comentários

  1. Video da instalação do VirtualBox

  2. Guilherme David

    nossa isso é muito legal pois isto que as maquinas virtuais fazem é incrivel protegendo essa copia isolada

  3. stela

    Foi util, porém o que quero saber é : o que é gerenciador de maquinas virtuais e nao maquinas virtuais em si!

Gostou do conteúdo? Deixe seu comentário