quarta-feira, março 20, 2019
Home » Carreira & Capacitação » Como ser um(a) analista de suporte de sucesso

Como ser um(a) analista de suporte de sucesso

Trabalhando há alguns anos como analista de suporte, e depois coordenando times de suporte técnico em áreas como “Telecom, monitoramento, Microinformática, Servidores e tecnologias adjacentes”, em empresas com pequeno e grande porte de TI, começo a analisar os perfis de profissionais que se destacam neste meio tão concorrido e gostaria de compartilhar com vocês minhas impressões e sugestões de como obter sucesso nesta função tão importante no ramo da TI. Aprecie a leitura

Continuar estudando não é opcional

Crer que apenas um curso superior será suficiente para ser um analista bem sucedido é ilusão. A faculdade lhe dará uma base para você ingressar no mercado de trabalho, contudo, adquirir conhecimento específico é obrigatório para o sucesso, além de conhecimentos adjacentes que não farão de você um generalista, mas sim um especialista com conhecimento em tecnologias próximas.

Aprenda o ambiente em que você se encontra

Dependendo do tamanho do ambiente ou de quantos clientes você irá atuar, decorar o ambiente pode ser praticamente impossível, contudo, tenha em mãos as documentações e topologias necessárias, além dos comandos e as ferramentas que lhe apoiarão no entendimento do ambiente, consulte ocorrências passadas e anote em um local que você possa recuperar posteriormente, de preferência, digital (Evernote pode ser uma boa pedida)

Dê feedbacks e documente suas ações

Aqui o segredo é empatia: colocar-se no lugar do cliente, entender sua dor e o impacto no negócio; seja ele (cliente) interno (sua própria empresa) ou externo (outra empresa). Um incidente sem anotações no chamado de ocorrência e sem feedback ao cliente são a receita para um cliente insatisfeito. Usando o mesmo tópico, podemos tranquilamente incluir a documentação e registro das ocorrências. Um registro eficaz facilita a análise de todo o time em ocorrências futuras, além do próprio analista que encontrou e aplicou a solução, fixar ainda mais o aprendizado enquanto documenta.

Compartilhe conhecimento

Não caia naquela besteira antiquada de pensar que se você ensinar tudo o que sabe, ficará sem emprego. Um analista de sucesso compartilha o que sabe e delega funções para que possa alcançar novos patamares. Compartilhe conhecimento, documente de uma forma clara, e certamente você colherá bons frutos.

Não burle provas ou use dumps em certificações

Pode parecer “chover no molhado”, mas é comum encontrarmos analistas pegando gabaritos na internet e buscando decorar o conteúdo das provas ao invés de aprender. Esta manobra pode lhe conceder um avanço raso e temporário, contudo, os dias que seguem esta conquista, podem ser realmente difíceis. Não há nada pior para um time, do que descobrir que um colega mentiu em seu currículo ou sabotou em uma prova e não consegue apoiar em um momento decisivo. A visão do serviço mal feito, e as “pontas soltas” que outro analista terá que corrigir não será nada produtivo ao time.

Postura conta mais do que parece

Nada pode ser mais desagradável a um time do que um analista com problemas comportamentais; seja ele no temperamento ou no descompromisso. O respeito do time deve ser conquistado com apoio, seriedade e trabalho duro; buscar atalhos neste aspecto não lhe farão crescer de maneira sadia.

Faça além do esperado

Este tópico é um resumo dos itens anteriores. Fazer além do esperado é conhecimento legítimo, apoiar o time e manter o foco no cliente. Aprenda novas tecnologias e se desafie. 

Estes sete itens o farão ser um(a) analista diferenciado(a). com conhecimento e dinamismo para crescer nesta profissão que tanto nos socorre. Espero que tenha gostado da leitura e comente se faltou algum tópico em seu ponto de vista.

Gostou deste artigo? comente conosco seu ponto de vista e acompanhe também nossa sessão de artigos. Deixe seu e-mail ao lado para receber as novidades e se você tiver outras dicas de áreas tecnológicas, compartilhe conosco mandando seu artigo

Sobre Diego Duarte

Diego Duarte atua como coordenador de suporte, é apaixonado por TI e arranha um violãozinho nos finais de semana

Gostou do conteúdo? Deixe seu comentário