Excel & AccessGestão e Liderança

Diagrama de Pareto: o que é e quando usá-lo?

122 views
Nenhum comentário
5
(1)

O Diagrama de Pareto é um recurso gráfico utilizado para estabelecer uma ordenação nas causas de perdas que devem ser corrigidas. Neste artigo abordaremos este tema e deixaremos um exemplo de como criá-lo no Excel. Boa leitura!

Este esquema foi criado por um economista e sociólogo italiano, Vilfredo Pareto, que nasceu em Paris, e morreu em 1923, em Genebra.

O Diagrama de Pareto é uma ferramenta útil para classificações gerais de problemas, erros, defeitos, feedback de clientes etc, mas vale reforçar que seu propósito, não é o de identificar causas.

Objetivo do Diagrama de Pareto?

O Diagrama Pareto tem o objetivo de compreender a relação ação – benefício, ou seja, prioriza a ação que trará o melhor resultado.

O diagrama é composto por um gráfico de barras que ordena as frequências (repetições) das ocorrências em ordem decrescente, e permite a localização de problemas vitais e a eliminação de futuras perdas.

Veja também: Como o Gráfico de Gantt auxilia no Gerenciamento de Projetos.  

O diagrama baseia-se no princípio de que a maioria das perdas tem poucas causas, ou que poucas causas são vitais, sendo a maioria trivial (corriqueiro).

Muitas vezes, no Diagrama de Pareto são incluídos valores em porcentagem e o valor acumulado das ocorrências. A partir desta forma é possível avaliar o efeito acumulado dos itens pesquisados.

O Diagrama de Pareto é uma ferramenta muito importante porque através dele é possível identificar pequenos problemas que são críticos e causam grandes perdas.

Para o Diagrama de Pareto no conceito a ser aplicado, é importante seguir seis passos básicos:

  1. Determinar o objetivo do diagrama, ou seja, que tipo de perda será investigada;
  2. Definir o aspecto do tipo de perda, ou seja, como os dados serão classificados;
  3. Em uma tabela, ou folha de verificação, organizar os dados com as categorias do aspecto definido;
  4. Fazer os cálculos de frequência e agrupar as categorias que ocorrem com baixa frequência sob a denominação “outros”;
  5. Calcular também o total e a porcentagem de cada item sobre o total e o acumulado;
  6. Traçar o diagrama.

Veja também: O que é Matriz RACI

Diagrama de Pareto – 80/20

O conceito de Diagrama de Pareto está intrinsecamente relacionado com a Lei de Pareto, também conhecida como princípio 80-20, ou lei 20/80 – Diagrama de Pareto 80-20.

De acordo com esta lei, 80% das consequências decorrem de 20% das causas. Esta lei foi proposta por Joseph M. Juran, famoso consultor de negócios, que deu esse nome como homenagem ao economista italiano Vilfredo Pareto.

Durante as suas pesquisas, Pareto descobriu que 80% da riqueza estava nas mãos de apenas 20% da população.

Através desta lei é possível afirmar que:

  • 20% dos clientes são responsáveis por mais de 80% dos lucros de uma determinada empresa;
  • Mais de 80% das descobertas no mundo científico resultam de 20% dos cientistas.
diagrama de pareto
Lei de Pareto

Como aplicar o Gráfico de Pareto?

Um dos objetivos centrais de um programa de qualidade é reduzir perdas provocadas por itens defeituosos que não atendem às especificações. Existem muitos tipos de defeitos que fazem com que um produto não atenda às especificações. Concentrar esforços no sentido de eliminar todos os tipos de defeitos não é uma política eficaz.

Devemos focar nos tipos de defeitos que são responsáveis pela maioria das rejeições, sendo mais eficaz atacar as causas desses poucos defeitos mais importantes, daí a necessidade de utilizarmos o gráfico de Pareto.

Poucos vitais: representam poucos problemas que resultam em grandes perdas;

Muitos triviais: representam muitos problemas que resultam em poucas perdas.

A utilização do Diagrama de Pareto, exemplo prático, para classificar problemas:

  • Uma peça que falha em um teste devido a um componente defeituoso.
  • Lotes de produtos químicos podem estar abaixo do padrão para muitas especificações diferentes.
  • Cobranças podem estar incompletas devido à falta de muitos tipos de informação.
  • Há vários tipos de problemas que os hóspedes experimentam em um hotel.

Com frequência algumas poucas classificações dominam (os “poucos vitais”), enquanto que todo o resto (os “muitos triviais”) contribuem apenas com uma pequena proporção. A fim de melhorar um processo, é importante encontrar quais são as poucas áreas vitais de problemas.

Como fazer diagrama de Pareto e colocá-lo em prática?

Agora que você já sabemos o que é diagrama de Pareto, fica mais simples de ser colocado em prática. Para dar início, é necessário começar a pensar em alguns pontos:

  • Qual o problema que você quer investigar?
  • Qual o aspecto do interesse do problema que você irá investigar?
  • Separe em categorias dos aspectos a serem investigados.

Não tem como construir Diagrama de Pareto, sem considerar essas questões.

Siga o diagrama de Pareto passo a passo:

  1. Comece coletando os dados e anote todas as informações
  2. Faça uma organização das categorias (forma decrescente, frequência)
  3. Organize os dados coletados e comece fazendo uma tabela
  4. Faça o cálculo da frequência desses problemas, além de calcular as acumuladas.

Faça o cálculo da porcentagem das ocorrências (para calcular a porcentagem é necessário dividir a frequência com os casos acumulados).

Diagrama de Pareto exemplo:

Uma loja online de roupas está recebendo muitas reclamações e devoluções. Ao aplicar o diagrama de Pareto, percebe-se que a maioria dos erros acontece no momento de separação de roupas, atraso na entrega, pedido errado, preço errado e roupas com dano.

Quando a empresa começa a perceber os erros, é possível entendê-los e solucioná-los.

Aprenda como fazer o diagrama de Pareto no Excel, separando em cada coluna um tipo de informação:

Na primeira, a razão dos problemas, na segunda, a frequência que ocorrem e assim consecutivamente. No próprio Excel é possível fazer o gráfico para análise do diagrama. Veja aqui como criar um gráfico.

O que você achou disso?

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou esse post útil...

Ajude o site a crescer compartilhando o conteúdo

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Tags: , ,

Artigos Relacionados

Gostou do conteúdo? Deixe seu comentário

Menu